Trinidad, tesouro colonial

_MG_9363

De todas as cidades que visitámos em Cuba, Trinidad é sem dúvida a mais encantadora, a mais charmosa e também a mais romântica. Adorámos esta cidade!

Passear pelas suas ruas transporta-nos facilmente ao passado, pois nela se conserva todo o esplendor e encanto das cidades coloniais espanholas, a arquitectura, os pátios, os palácios, a calçada… Tudo isso não deixa ninguém indiferente!

DSC04439

Fundada em 1514, é considerada hoje uma cidade museu, pois possui um dos conjuntos de arquitectura colonial mais bem preservados do continente americano. Trinidad, em conjunto com o Vale dos Engenhos, situado nos seus arredores, foram reconhecidos em 1988, como património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Vale a pena percorrer a pé as ruelas em volta da Plaza Mayor, no centro da cidade, e apreciar calmamente todos os detalhes.

Passe pela escadaria da Casa da Música e aproveite para tomar algo fresco ou simplesmente ficar nas escadinhas e apreciar o movimento na praça.

Mais á noite no mesmo local, pode também assistir à apresentação de um grupo de música cubano. O lugar é bastante frequentado pelos turistas que se encontram na cidade, mas vale sempre a pena, nem que seja para ouvir um pouco de música ou até mesmo para dançar.

Os seus bares e restaurantes, as ruas empedradas e as cores dos edifícios fazem-nos gostar de estar ali. Temos pena, apenas, de uma coisa… Em Cuba não se come bem. Faltaria respirar os aromas da comida, sentir as suas texturas, os seus sabores… à noite, quando voltámos, uma vez que ficamos alojados fora do centro, sentimos o mesmo. Faltam cheiros fortes como nos países árabes e sabores como nos latinos! Tirando esse aspecto é uma cidade muito bonita, com inúmeros locais encantadores e pequenos recantos para descobrir.

_MG_9417

O hotel em que ficámos, o Las Cuevas, é no geral um hotel bastante fraco em termos de qualidade e fica afastado do centro, mas como tinhamos carro, não nos afectou em nada. Mas a vista sobre a cidade é soberba. Só por isso já valeu ter lá ido 🙂

_MG_9448

A outra grande atracção de Trinidad, situa-se nos seus arredores, e é conhecida como o Vale dos Engenhos (Valle de los Ingenios). É a representaçao da antiga indústria açucareira cubana reunida num conjunto de ruínas, de entre elas várias refinarias, casas de escravos e barracões. É também aqui que se situa a famosa torre de Manaca-Iznaga, construída em 1816, e cujo campanário servia para marcar o inicio e fim dos trabalhos nas plantações de cana do açucar. Era também utilizada para vigiar os trabalhores escravos nos campos.

_MG_9452

Existiram por aqui, em tempos idos, muitas refinarias de açucar que trouxeram à região elevado poder económico, tanto, que Trinidad chegou a ser a terceira cidade mais importante de Cuba. Ainda se podem observar algumas das casas dos fazendeiros, da época do seu máximo esplendor, os séculos XVIII e XIX.

_MG_9450

Esta zona também se destaca pela sua beleza natural, dos campos a perder de vista e das suas belas praiais, de entre elas a conhecida Playa Áncon, mas que não tivemos oportunidade de visitar por falta de tempo.

Nota: Viagem realizada em Maio de 2016

3 Comments Add yours

  1. Lindo post, só de andar por essas ruelas já tá valendo o passeio, belas fotos parabéns!

    Gostar

    1. Muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado.

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s