Sliema e St. Julians, o lado agitado de Malta

Já aqui dissemos num post anterior que Sliema foi o local por nós escolhido para estes 5 dias na ilha de Malta.

Onde ficar alojado em Malta

Não nos arrependemos nada da escolha que fizémos, tanto que se um dia regressássemos a Malta voltaríamos a ficar aqui alojados. Os motivos que nos levaram a Sliema foram, não só a questão orçamental (já que os alojamentos em La Valletta conseguem ter valores assustadores), mas também porque alugámos um carro e tínhamos de garantir que teríamos um lugar de estacionamento.

Vista a partir de Sliema e Ferry
Vista a partir de Sliema e Ferry

O trânsito em Valletta é caótico e o estacionamento é quase inexistente, pelo que, quando há lugar para estacionar, praticam-se preços absurdos. Não é que Sliema seja diferente de Valletta nesse aspecto, mas aqui a probabilidade de encontrar um alojamento que disponibilize um parqueamento é consideravelmente maior, já que a predominância de edifícios modernos permite esse tipo de comodidades.

Ficámos alojados num hotel novo, chamado Mr.Todd. É um hotel limpo, moderno, jovem, acessível, com garagem e muito bem bem localizado numa transversal da avenida marginal. Gostámos muito de ficar aqui alojados e acreditem que pesquisamos muito para encontrar uma localização assim! A zona é animada e estamos a 10 minutos (e a 2,80€) de ferry de La Valletta, a zona histórica mais interessante de Malta.

Sliema

Sliema, a par de St. Julians, são cidades mais modernas, onde se encontram as lojas da moda, muitos restaurantes, esplanadas e bares, pelo que muito do turismo desta zona passa claramente por este atractivo. Há inclusive um roteiro de shopping, aconselhado para quem não perde oportunidade de fazer compras onde quer que vá.

Promenade de Sliema
Promenade de Sliema

Apesar de ter sido em tempos um pequena e pacata vila de pescadores, Sliema é hoje local de residência de muitos malteses que aqui se foram instalando à procura de um local calmo para viver, mas ainda assim suficientemente perto da zona central de La Valletta. Pois, esse local calmo desapareceu por completo, transformando-se num dos locais mais procurados de Malta para quem a visita. A sua arquitectura histórica e colonial deu lugar a edifícios de apartamentos modernos com vistas magnificas sobre a capital.

Praia entre Sliema e St. Julians
Praia entre Sliema e St. Julians

Com uma avenida de cerca de 10 km ao longo da costa, desde Gzira até St.Julians, também conhecida como Promenade ou “The Front”, como lhe chamam os locais, é fácil encontrar aqui, todos os dias, alguém a passear, a andar de bicicleta, a correr, ou a praticar algum tipo de desporto. Ao mesmo tempo, com o cair da tarde, as esplanadas enchem-se de gente num alegre convívio, quer seja apenas para tomar uma bebida, quer seja para jantar. E foi exactamente isso, o que fizémos todos os dias, jantar numa esplanada, numa das muitas opções aqui existentes.

É por isso o local perfeito para quem gosta de agitação e de estar no centro de tudo. É também daqui que partem a maior parte das excursões de barco para outros locais da ilha e para as outras ilhas (Gozo e Comino).

St. Julians

Já a baía de St. Julians, um pouco mais pequena, mas logo ali ao lado, não lhe fica atrás em animação, principalmente em Paceville, zona privilegiada de vida nocturna, com inúmeras discotecas e bares para todos os gostos.

De resto, em tudo o mais, deveras semelhante à sua vizinha Sliema, com lojas, restaurantes e esplanadas, sendo que, um pouco mais distante das facilidades de acesso a La Valletta, sensivelmente 10/15 minutos a pé do ferry que faz esta ligação.

Baía de St. Julians
Baía de St.Julians

Aqui a vantagem, face a Sliema, poderia ser encontrar-se mais perto de algumas praias. Mas, se o que procura são as melhores praias de Malta, definitivamente, este não é o local ideal, pois aqui as praias não são de areia e sim de rocha, apesar de possuírem todas as comodidades para se poder ir a banhos!

Achamos por isso que esta não será razão suficientemente forte e nem o melhor motivo para escolher esta zona.


Viagem realizada em Junho 2019

Este post pode conter links de afiliados

2 Comments Add yours

Deixe o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.